Seis maneiras de como Deus trabalha em você em seu trabalho.


Você apareceu no serviço hoje, mas é como se Deus não houvesse ido junto. Ele parece distante e ausente de tudo que você faz durante o dia. Há tentações por toda parte, atalhos para fazer as coisas do jeito mais fácil. Ninguém mais se importa uma vírgula com servir a Deus. As conversas são todas banais. E mesmo assim você acredita que Deus é soberano sobre todas as coisas, o que, a propósito, significa ser soberano sobre colocá-lo no emprego em que você está.

Você desconfia cada vez mais de si mesmo e fica imaginando como deve ser a vida de alguém que seja, ao mesmo tempo, empresário e um gigante na fé, alguém que veleja entre reuniões e serviços privados, carregado pela maré da alegria de servir a Deus. Enquanto aqui está você, num trabalho onde Deus parece estar tão longe.
Na realidade, o local de trabalho não é apenas um lugar em que Deus usa você; ele é também um lugar por meio do qual Deus opera dentro de você, conformando-o à imagem de Cristo. Talvez ele pareça distante, mas não está. Deus está usando as dificuldades e pressões de seu emprego neste exato momento a fim de dar-lhe foco em ao menos seis áreas.

1. Deus está usando seu ambiente de trabalho para focalizar sua fé

Não há momentos sem sentido na vida quando ela é contemplada à luz da glória de Deus. Deus nos criou para vivermos para ele e para Sua glória. Este é o nosso principal chamado na vida. O que quer que façamos, devemos fazer para a Sua glória (1 Coríntios 10:31). Em última análise, não trabalhamos para nosso prazer pessoal, nossa diversão, nosso autoaperfeiçoamento ou nosso próprio ganho e benefício. Trabalhamos para Deus e Sua glória, e devemos glorificá-lo em tudo que fazemos.

Isso não diz respeito somente àqueles momentos em que cantamos nas manhãs de domingo ou quando erguemos o troféu de futebol americano do Super Bowl. Nós glorificamos a Deus em tudo, mesmo nas partes rotineiras e difíceis da vida. Os maiores santos descritos na Bíblia compreenderam isso. Eles o glorificaram enquanto naufragavam em alto mar, assentavam-se na prisão ou pastoreavam ovelhas! A glória de Deus nos motiva a fazer grandes coisas e nos lembra da recompensa final. Sim, as provas e experiências em nossas vidas são duras, mas a excelência da recompensa que Deus prometeu as faz parecer leves e momentâneas (2 Coríntios 4:17). Refletir na glória de Deus transforma todas as facetas de nosso dia no serviço.

2. Deus está usando seu ambiente de trabalho para focalizar seu coração

Paulo era constrangido e controlado pelo amor de Jesus. O amor de Cristo o motivava a realizar grandes coisas, amor este que deveria da mesma forma motivar-nos. A mudança que o evangelho efetua começa de dentro, nas partes mais profundas de nossas almas, e opera de dentro para fora.

Quando estamos apáticos em nosso trabalho, quando estamos desmoronando e sem inspiração, quando estamos tentados a desistir e a retrucar a aspereza de nosso chefe com um trabalho de qualidade inferior à de costume, é que lembramos de que “Tudo o que fizerem, façam de todo o coração, como para o Senhor, e não para os homens” (Colossenses 3:23). Nosso trabalho, em última instância, não é feito para as pessoas ao nosso redor, mas para a glória de nosso Pai celestial. Se você se sente desanimado pelas dificuldades e durezas, pense naquele que “pela alegria que lhe fora proposta, suportou a cruz” (Hebreus 12:2).

3. Deus está usando seu ambiente de trabalho para focalizar suas mãos

Nossas mãos são os instrumentos de nosso coração. Elas expressam por fora aquilo em que acreditamos por dentro. O serviço que prestamos deveria demonstrar que somos chamados para algo superior, deveria expressar que algo maior do que recompensas terrenas é o que nos motiva. A qualidade do trabalho que fazemos deveria glorificar a Deus. Dorothy Sayers disse: “Nenhuma perna de mesa torta ou gaveta desregulada, eu ouso jurar, jamais saiu da carpintaria de Nazaré”.

Nosso trabalho é, no fim das contas, uma oferta a Deus (Romanos 12:1). Se trabalharmos apenas por promoções, reconhecimentos ou progressos profissionais, estaremos sempre desencorajados e desapontados. Deus é digno de nosso esforço por ele a cada dia e a cada momento da semana como expressão de adoração e louvor. Não preste atenção nas distrações e nos obstáculos, concentre-se em Deus e faça um trabalho de qualidade que somente ele poderá recompensar adequadamente.

4. Deus está usando seu ambiente de trabalho para focalizar seu amor

Não se trata apenas do que fazemos, mas como fazemos. Outras pessoas são afetadas pelo seu trabalho e por como você o realiza. Alguns entregam ótimos resultados, porém no meio do processo para alcançá-los eles machucam pessoas em sua volta. Nosso trabalho para a glória de Deus deve servir aqueles que nos cercam. Servimos as pessoas pelo que fazemos e pela maneira como fazemos. Nosso trabalho deve ser capacitado pelo Espírito e cheio do Seu fruto: e o fruto do Espírito é “amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança” (Gálatas 5:22-23).

Imagine como aquele ambiente de trabalho monótono e tedioso seria diferente e prazeroso se o fruto do Espírito fosse manifestado lá. Bom, isso começa por você. Ore por isso, busque. Se você pensa que seu trabalho é pequeno demais para fazer diferença, então reflita sobre o resultado enorme que a bondade e misericórdia de um homem no campo surtiram em seus empregados e em um par de viúvas pobres.

5. Deus está usando seu ambiente de trabalho para focalizar sua mente

Se o que foi dito até agora é verdade a respeito de seu trabalho e do que você faz todos os dias, então não é de um ambiente diferente de que você mais precisa, mas de uma mudança de pensamento sobre ele. Devemos orar para sermos transformados pela renovação de nossas mentes (Romanos 12:2). Um de nossos maiores desafios é não cairmos naquela ideia de que somente aquilo que enxergamos é que existe. Quando pensamos que Deus não está no trabalho, ou não está interessado no trabalho, é a cosmovisão naturalista que compramos, e não a bíblica.

6. Deus está usando seu ambiente de trabalho para focalizar seu testemunho

O evangelho nos impele a ter uma área de influência (2 Coríntios 10:13-16). Talvez a razão de você trabalhar ao lado de colegas tão desinteressados em Deus, tão negligentes com a qualidade do próprio serviço e tão indiferentes em realizá-lo de uma maneira justa seja pelo fato de eles não possuírem uma motivação para trabalhar nem uma direção de como fazê-lo corretamente. Talvez a razão de haver tanta pressão no trabalho seja porque elas não têm nenhum outro trabalho no qual confiar. E talvez você esteja lá não para ser um termômetro que mede a temperatura do ambiente, mas um termostato que a ajusta e a corrige.

Você possui uma mensagem grandiosa para compartilhar com outras pessoas, uma que pode movê-las a aproveitar o máximo do trabalho e da vida. Se você precisa de ajuda para enxergar melhor aquilo para o que Deus o tem chamado a fazer em seu emprego, compartilhe isto com seus colegas de trabalho: diga-lhes o que você lê na Bíblia e o quanto você precisa de ajuda para conseguir cumprir o que ela diz. Peça-lhes ajuda e convide-os a acompanhá-lo em sua jornada rumo a ser um melhor empregado e companheiro de equipe. Eles até podem dizer não, mas provavelmente ficarão agradecidos por seu desejo nobre de fazer de você mesmo e de seu ambiente de trabalho algo melhor. E isso pode ser justamente uma maneira profunda de ver o agir de Deus.

Deus trabalha em você tanto segunda cedo quanto na manhã de domingo. Você precisa apenas enxergar isso. A maioria de nós trabalha nos bastidores, em coisas que poucas pessoas entendem ou apreciam. Ninguém percebe quanto esforço é necessário para fazer uma pizza, desenvolver um programa ou enviar um produto pelos correios. De forma semelhante, Deus trabalha em nossas vidas através de tudo o que fazemos, mas às vezes não enxergamos isso até que realmente continuemos nosso trabalho e reflitamos a respeito. E agindo assim, vemos que Deus está agindo nos bastidores, trabalhando naquilo que fazemos, no porquê de fazermos, como fazemos e onde fazemos. Compreender essa verdade pode transformar o modo como você vive em seu ambiente de trabalho.

Autor: Keith Welton.


Por: Keith Welton. © ANO DESIRING GOD. Original: Six Ways God’s at Work in You — At Work

Tradução: Cesare Turazzi. © 2016 Ministério Fiel. Todos os direitos reservados. Website: MinisterioFiel.com.br. Original: Seis maneiras de como Deus trabalha em você em seu trabalho

Permissões: Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que informe o autor, seu ministério e o tradutor, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 Comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Contatos

Nome

E-mail *

Mensagem *

TRADUTOR

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
DEMAIS IDIOMAS

LOCALIZAÇÃO E PAÍSES DOS VISITANTES

Copyright © Macelo Carvalho | Traduzido Por: Mais Template

Design by Anders Noren | Blogger Theme by NewBloggerThemes